Diferenças entre SAT, ECF, NFC-e e NF-e?

Quais as diferenças entre SAT, ECF, NFC-e e NF-e?

Estas siglas apesar de serem parecidas, cada uma tem sua particularidade. Neste artigo, você irá descobrir quais as diferenças entre SAT, ECF, NFC-e e NF-e.

Enquanto alguns termos estão entrando em vigor, outros estão deixando de existir. Tudo para que melhore a comunicação dos estabelecimentos diretamente com a SEFAZ.

Abaixo você poderá conferir qual a funcionalidade de cada um:

 

SAT Fiscal

 

Também conhecido como Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos, o SAT Fiscal se propõe como um sistema de automação comercial mais completo e que torna toda a documentação fiscal de uma empresa em um processo mais simples.

O sistema veio para substituir diretamente o Emissor de Cupom Fiscal (ECF), que durante um tempo foi o sistema de geração de notas considerado obrigatório no estado de São Paulo e outros estados brasileiros.

Além de facilitar a documentação comercial, o SAT também não precisa funcionar ligado diretamente na internet. Se você quer descobrir outras vantagens do uso do SAT Fiscal, confira nosso artigo falando sobre as 4 vantagens mais importantes para o seu negócio.

 

ECF

 

Esse é o Emissor de Cupom Fiscal, sistema de emissão de notas antigo e que agora foi substituído pelo SAT. O ECF armazena registros fiscais a medida em que eles são gerados.

Além disso, o equipamento é ligada a uma impressora fiscal específica, que gera a emissão de nota fiscal que é dada para os clientes.

Dentre as principais desvantagens desse sistema, tornando-o desatualizado em comparação com o SAT Fiscal, é o fato da ECF só cancelar a última nota fiscal gerada.

Caso a venda precise ser cancelada, precisa ser cancelada imediatamente antes de qualquer outra transação ser feita, senão, a nota não será cancelada e o cliente provavelmente ficará com o prejuízo.

 

NFC-e

 

Essa nota não é a mesma coisa que a NF-e, apesar da confusão entre as duas ser muito comum. A NFC-e substitui o cupom fiscal, gerada pelo ECF.

A NFC-e acompanha o sistema de automação comercial promovida pelo SAT Fiscal. Garante para o cliente a possibilidade de controlar suas notas fiscais eletronicamente, acessando as informações através de uma chave de acesso disponível na NFC-e.

Diferente do Cupom Fiscal, a NFC-e não precisa ser impressa em nenhuma impressora especial. Ela é gerada automaticamente por impressoras comuns em uma folha A4 convencional. Isso reduz os custos de equipamentos e acessórios financeiros das empresas.

 

NF-e

 

Essa é a que conhecemos como Nota Fiscal Eletrônica. A NF-e é uma versão digital da convencional nota fiscal. Nessa nota, todas as informações envolvendo prestação de serviço e circulação de mercadoria estão presentes.

Isso facilita a hora de verificar as transações já efetuadas dentro da empresa. Diferente das outras notas, essa não é obrigatória para o cliente.

 

Entre em contato agora mesmo e adeque sua empresa às novas exigências da SEFAZ.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *