Facebook ensina lição aos empreendedores através do Messenger

O Messenger peca pela falta de simplicidade

 

O Facebook é uma grande rede social que fez de Mark Zuckerberg um grande empreendedor. Contudo, um de seus principais aplicativos está atuando como o “tiro no pé” da empresa: o Messenger.

Esse aplicativo é conhecido por todos e utilizado por cerca de 1,3 bilhão de pessoas ao redor do mundo. Entretanto, esse valor imenso se deve o fato dele ser obrigatório para que os usuários possam se comunicar com seus amigos de forma privada. Além disso, ele é lento e não possui uma utilização fácil e, dessa forma, não é um dos queridinhos dos usuários.

Assim, muitos acabam “fugindo para o Whatsapp”, pois veem nele um aplicativo rápido e simples.

Mas, nem tudo está perdido! Neste ano, o Facebook decidiu que irá simplificar o Messenger e deixá-lo mais “leve” para que possa, talvez, competir com o Whatsapp.

Os executivos do Facebook disseram que nos últimos dois anos, construíram uma série de features para conseguir o diferencial no mercado. Enquanto eles corriam para construir essas features, o aplicativo ficou lento.

Como já dizia Steve Jobs, para ter sucesso em um negócio ou produto é necessário ter simplicidade e é isso que o Facebook fará.

Segundo David Marcus, chefe de Messenger, existem outros objetivos como: conectar negócios com clientes, aumentar as mensagens de vídeo e melhorar as conversas em grupos. A ideia é trazer uma experiência melhor e mais simples para os usuários do serviço.

Assim, é importante que todo empreendedor entenda que ter muitos features não significa, necessariamente, que o produto é melhor. A chave para o sucesso está na usabilidade, na simplicidade, pois dessa forma os usuários são retidos.

Os produtos mais fáceis de utilizar dão prazer ao usuário e fazem com que eles os usem por mais tempo. Assim, o importante é ser intuitivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *