O que é SAT Fiscal?

O que é SAT Fiscal

Promovendo a automação comercial mais eficiente, o SAT Fiscal facilita o processo de emissão de notas fiscais por parte dos pequenos e médios empreendimentos.

Alguns estados brasileiros, como São Paulo, Paraná, Alagoas e outros, já funcionam através das regras do SAT Fiscal.

Porém, apesar do SAT estar em processo de implantação desde 2013 em diversos pontos do país, muitos empreendedores ainda confundem o mesmo com a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

Neste artigo, descubra o que é SAT e qual a diferença entre esse sistema de automação comercial com a NF-e. Além disso, descubra também como funciona o SAT e quando ele será obrigatório para sua empresa.

 

O que é SAT fiscal?

 

Diferente da NF-e, que já é uma nota fiscal pronta que deve ser disponibilizada para o cliente, o SAT é um equipamento que deve emitir cupons fiscais e mandar todas as informações fiscais necessárias para a Secretaria da Fazenda (SEFAZ).

Também conhecido como Sistema Autenticador e Transmissor Fiscal, que originou a sigla, o equipamento funciona através de um software programado para emitir cupons que já atendem exigências previstas em lei, facilitando esse processo para os pequenos empreendedores.

O principal objetivo do SAT Fiscal é substituir os antigos equipamentos conhecidos como Emissor de Cupom Fiscal (ECF), colocando no lugar deste, um software atualizado para atender demandas personalizadas de emissão de cupom fiscal.

 

Quando serei obrigado a usar o SAT fiscal?

 

A tendência é que o SAT se torne obrigatório em todos os estados brasileiros daqui há alguns anos. É importante que o empreendedor se mantenha informado para se adequar ao Sistema de forma planejada e sem prejuízos.

Atualmente, são consideradas 3 principais faixas de tipos de empresas que devem começar a realizar a implantação. As primeira empresas que devem adotar essa medida devem ser as que possuem receita bruta superior a R$ 100 mil por ano.

Para saber quando sua empresa será obrigada a implantar o SAT, você deve procurar informações no site da SEFAZ.

 

Quais vantagens terei com o SAT fiscal?

 

O sistema é uma obrigatoriedade, mas as vantagens no uso do mesmo são muitas. Focado em funcionalidade e agilidade.

O sistema permite que você cancele cupons fiscais já emitidos de modo simplificado. Mas o cancelamento deve ser feito 30 minutos após a compra. O sistema se conecta a SEFAZ e manda para ela as informações fiscais através do acesso direto à internet.

No caso de empresas que não possuem internet em seus estabelecimentos, isso também não é um problema. O SAT está programado para armazenar todos os dados fiscais. Os mesmos são enviados para a Secretaria da Fazenda assim que você conectar o seu equipamento na internet.

Dentre as vantagens que tornarão a vida do empreendedor mais fácil, está o tipo de papel que deve ser usado no SAT. Diferente do seu antecessor, o ECF, o SAT não necessita de papel certificado. Basta você conferir qual o tipo de papel a sua impressora SAT aceita e adquirí-lo.

Para usufruir de todas essas vantagens, é importante que o empreendedor faça a transição para o SAT de forma planejada.

Além disso, escolher um bom fornecedor de equipamento e software é fundamental para que a migração gere facilidade e melhor custo benefício.

 

Nós da PiraWeb oferecemos o equipamento com uma assessoria personalizada. Garantimos que todo processo de instalação do SAT e comunicação com a Secretária da Fazenda não te traga dor de cabeça.

Entre em contato agora mesmo e adeque sua empresa às novas exigências da SEFAZ.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *