O que é uma NF-e e suas vantagens

O que é uma NF-e e suas vantagens

 

Muitos têm dúvida em saber o que é uma NF-e (nota fiscal eletrônica) e como se dá o seu funcionamento. A nota fiscal eletrônica consiste em um documento que existe apenas na interface digital. É emitido e armazenado em meio eletrônico, objetivando comprovar a circulação de mercadorias ou prestação de serviços para fins fiscais.

A NF-e tem como intuito a implantação de um modelo nacional de emissão eletrônica para substituir a nota fiscal em papel, o que permite reduzir custos, simplificar para os contribuintes as obrigações acessórias e permitir, em tempo real, o acompanhamento das operações comerciais.

Além disso, esse documento é um recibo obrigatório quando qualquer tipo de transação de venda ou serviços é realizado e também serve para o recolhimento de impostos. Nas situações em que a nota não é utilizada, considera-se como sonegação fiscal.

 

As vantagens da NF-e

 

Saber o que é uma NF-e e como ela funciona, permite promover mudanças na emissão e na forma de gerir essas informações fiscais, o que proporciona aos contribuintes, sociedade e órgão tributário alguns benefícios que podem ser observados a seguir:

 

  • Custos de impressão reduzidos;
  • Redução de custos de compra de papel;
  • Diminuição dos custos no processo de envio do documento fiscal;
  • A armazenagem de documentos fiscais também sofre redução;
  • As obrigações acessórias ficam mais simplificadas, como dispensa de AIDF, por exemplo;
  • Os caminhões não precisam mais ficar tanto tempo parados nos Postos Fiscais de Fronteira;
  • Os clientes são incentivados ao uso de relacionamentos eletrônicos;
  • As notas fiscais não precisam ser mais digitadas quando na recepção de mercadorias;
  • A recepção, por já possuir a informação da NF-e, se antecipa no planejamento de logística de entrega;
  • Fornecedores também são incentivados ao uso de relacionamentos eletrônicos;
  • Diminuição de impactos ambientais, no que diz respeito à redução do consumo de papel;
  • Incentivo ao uso de novas tecnologias e também ao uso do comércio eletrônico;
  • As empresas passam a ter um padrão de relacionamentos eletrônicos;
  • A prestação de serviços ligados a NF-e possibilita o surgimento de oportunidades de negócios e empregos;
  • A nota fiscal eletrônica garante um aumento na confiabilidade;
  • O melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos se torna possível através da melhoria no processo de controle fiscal;
  • O processo de controle das notas fiscais que são capturadas pela fiscalização de mercadorias tem o custo reduzido;
  • Diminuição da sonegação;
  • Aumento da arrecadação;
  • Suporte aos projetos de escrituração eletrônica contábil e fiscal da Secretaria da RFB.

 

Como funciona a NF-e

 

A empresa que é responsável pela emissão da NF-e, irá gerar um arquivo eletrônico com as informações fiscais da comercialização e, para garantir a integridade dos dados, deverá conter a assinatura digital do emitente.

Dessa forma, o documento eletrônico gerado será transmitido pela internet à Secretaria da Fazenda do Estado do respectivo emitente. Assim, será realizada uma pré-validação do arquivo, sendo o documento devolvido como autorização de uso, que permite o trânsito da mercadoria.

Após a autorização do uso, ficará disponível por meio eletrônico a NF-e para consulta do destinatário e de outros interessados que detenham a chave de acesso do documento eletrônico, que também será transmitido para a Receita Federal do Brasil.

No que diz respeito ao trânsito da mercadoria, o sistema conta com a impressão da via única do DANFE, que terá as informações como chave de acesso para consulta da NF-e e um código de barras unidimensional.

Com essas orientações é possível saber o que é uma NF-e, o seu funcionamento e quais os benefícios que ela pode trazer tanto para o contribuinte, comprador, sociedade e ente tributário.

 

Se preferir, ligue: (19) 3421-2620

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *